Puerto Varas: Vulcão Osorno, Saltos del Petrohue e Lago Todos los Santos

Já falamos aqui sobre uma parte da viagem de fiz a Puerto Varas com o meu irmão (trajeto e hospedagem e passeios na cidade). Hoje o post é sobre um passeio específico que fizemos, envolvendo subir um vulcão e visitar um rio e um lago de água verde esmeralda.

Primeiramente é bom saber que várias agências de turismo fazem esse passeio e os preços vão de 20 e poucos a quase 40 mil pesos chilenos. Assim, vale a pena dar uma pesquisada. Como eu já comentei aqui, na Casa del Turista você pode encontrar diversas opções, tirar suas dúvidas e escolher a que melhor se encaixa no seu tempo, objetivo e bolso, claro. Nós optamos pela agência TripToChile porque era a que oferecia o melhor custo-benefício. Poderíamos ir a 3 locais que queríamos conhecer em um único dia e por maravilhosos $25000 pesos.

O tour saía às 9h da manhã, com retorno previsto entre 15h e 16h. O roteiro é definido de acordo com as condições climáticas. Como nessa manhã o céu estava bem aberto, nosso guia optou por nos levar primeiro ao vulcão como precaução para, caso o tempo fechasse à tarde, não perdêssemos a vista linda de lá de cima. Passadas as informações ‘técnicas’, vamos lá. Saímos da pousada às 9h da manhã, seguindo direto pela estrada que circunda o lago LLanquihue. Durante todo o caminho, nosso guia foi parando em cada ponto interessante e contando um pouco da história do local. A primeira parada em que descemos da van foi para fazer amizade com umas llamas simpáticas.

llama puerto varas
Llamas <3
tumblr_mkpoedCO7Q1qern4go1_500
Eu depois das Llamas

 

 

 

 

 

 

Depois das llamas, logo a estrada começa a subir em direção ao vulcão, sendo que é possível parar várias vezes no caminho em mirantes ou pequenas crateras. NOTA IMPORTANTE: Segundo nosso guia, o vulcão Osorno possui 40 crateras ao redor de sua base e a última erupção foi em 1869. Até o começo de 2015 era possível subir o vulcão Calbuco também, mas depois da sua erupção em abril os passeios não acontecem mais, por razões óbvias.

volcán osorno puerto varas (1)
Um dos mirantes a caminho do vulcão

O negócio é que só a subida já vale o passeio, mas não acaba por aí. No topo do vulcão Osorno há uma estação de esqui que, obviamente estava desativada por motivos de no verão não ter tanta neve assim. Assim mesmo a estação oferece alguns tipos de entretenimento (gente como estou formal). É possível fazer algumas trilhas, subir até o topo nas telesillas (ou teleférico para os íntimos) e descer de tirolesa. E, convenhamos, você subiu até lá e não vai fazer nada? Então fomos, eu e Vinicius subir o vulcão de teleférico…

volcán osorno puerto varas (5)

…para poder chegar lá em cima e, obviamente, descer de tirolesa *-*.

volcán osorno puerto varas (4)
Acreditem ou não, eles tinham capacetes grandes o suficiente pra nossas cabecinhas. É muito amor envolvido.

A descida é de aproximadamente 1500m, divididos em 4 setores. Pagamos $18000 pesos por pessoa, o que não é lá uma pechincha, mas valeu cada centavo. Na página da estação vocês podem encontrar todas as atividades oferecidas ao longo do ano e suas tarifas. Terminada nossa descida de ~adrenalina haha, paramos comer num restaurante ali mesmo. Pra quem já foi a alguma estação de esqui, sabe que os restaurantes são sempre caros e geralmente vale a pena levar algum lanchinho, porém, aqui no Chile pelo menos, eles sempre têm empanadas, o que é uma solução gostosa e não cara. De tanque abastecido, entramos novamente na van pra começar a descer com destino ao rio Petrohue. NOTA IMPORTANTE²: no mês de janeiro em Perto Varas há uma semi-infestação de um inseto infernal que parece um besouro mas pica a gente, então, na real, se puderem escolher a data, deixem pelo menos pra fevereiro, sério haha. Nós conseguimos fazer todos os passeios e amamos, mas sempre nos debatendo pra tirar esses pterodáctilos de perto.

Descemos até chegar ao Rio Petrohue (ou Saltos de Petrohue) e topamos simplesmente com a água mais linda que eu já vi:

saltos del petrohue puerto varas

Acreditem em mim, a água é ainda mais verde do que se vê na foto. É lindo, espetacular e um passeio imperdível para quem vai para essa região. Vale lembrar que não conseguimos tirar muitas fotos porque o local estava INFESTADO pelos pterodáctilos que eu comentei antes.

IMG-20151231-WA0019

Lá também é possível fazer rafting, mas como todo esporte de aventura depende de condições climáticas e do nível do rio, então é bom consultar agências especializadas nisso. Andando mais um pouco se chega ao Lago Todos los Santos ou Lago Esmeralda, assim chamado devido à cor de sua água. Chegando no lago, por $5000 pesos é possível contratar um passeio de barco que dura aproximadamente 40 minutos e te leva a essa vista aqui:

volcan osorno lago todos los santos
Acho que agora convenci, né?

Essa aqui em cima eu deixo pra quem me chamou de exagerada.

Resumo dos gastos (por pessoa):

  • Passeio Osorno, Petrohue e Todos los Santos: $ 25000
  • Telesilla e tirolesa no vulcão Osorno: $18000
  • Passeio de barco: $5000
  • Empanada (*-*): ~$3500

Acompanhe a cotação do peso chileno aqui ou aqui.

Acompanhe a série de posts sobre a Região dos Lagos:

 

Puerto Varas: O que fazer

Já falamos sobre como chegar e onde dormir em Puerto Varas, então hoje o post é sobre um pouco do que tem de bom pra fazer por lá.

Bom, estando em Puerto Varas, as opções de passeios são infinitas. Nós chegamos na cidade numa quarta feira de manhã sem saber muito bem o que queríamos fazer, aí simplesmente saímos andar e, logo na beira do lago, topamos com uma espécie de ‘quiosque’ de turismo chamado “Casa del Turista” que é, sem dúvidas, o lugar mais prático para encontrar qualquer passeio. Isso porque eles disponibilizam passeios de diversas empresas para praticamente qualquer lugar da região, meio que só fazem o ‘meio de campo’ entre o turista perdido e a agência.

casa del turista puerto varas - chile
Essa é a Casa del Turista. Haters dirão que a seta foi feita no paint. Haters estarão certos nesse aspecto.
IMG_20151230_153750
Essa sou eu bochechuda na frente da Casa del Turista tentando tirar foto do reflexo no lago no óculos. Obviamente sem muito sucesso.

Confesso que a mocinha que me atendeu nesse local estava quase mais perdida que eu, mas elas têm muita boa vontade e todo mundo acaba se entendendo e saindo feliz. Como eu estava dizendo, logo no primeiro dia já visitamos esse local e voltamos com MUITOS folders de passeios para dar uma olhada nas possibilidades e valores. Farei post sobre todos passeios que fizemos fora da cidade, por agência ou não, com valores e ‘instruções’ no caso de se virar com ônibus de linha. Assim, vamos focar na cidade em si.

Como Puerto Varas fica à beira de um lago, há alguns passeios de barco, inclusive festas no barco (pelo menos na noite de reveillón), e por ter bastante vegetação também não é difícil encontrar empresas de Eco Turismo, com arvorismo, tirolesas, rafting e etc.

IMG_0411.JPG

Fora isso, lá é lindo, então se você quiser sentar na beira do lago e esperar até as 22h pra ver o pôr do sol (sim, 22h o pôr do sol no verão), eu diria que não é tempo perdido. Nós não fizemos isso por motivos de: só tínhamos 5 dias pra aproveitar e ficamos frenéticos com os passeios depois de tantos folders de agências.

Puerto Varas lago llanquihue.JPG
A beira do lago. APROVEITEM A BEIRA DO LADO *-*

Casino Dreams

Sim, gente, aqui no Chile você não só encontra cassinos, como encontra cassinos pra todo lado. Esse de Puerto Varas é lindo. Nós perdemos uma meia dúzia de reais só pra fazer graça, mas não chegamos a assistir show. Porém, o Casino Dreams está presente em algumas cidades do Chile com hotéis, casas noturnas e cassinos propriamente ditos e vale a pena conhecer.

Casino dreams puerto varas chile hotel
Hotel Dreams (foto: MundoDreams)
mundo dreams casino puerto varas
Cassino (foto: MundoDreams)

Iglesia del Sagrado Corazón de Jesus

Se você buscar “Puerto Varas” no Google imagens, você verá:

Puerto_Varas_Osorno
Foto: Wikipedia

Essa foto aparece MUITAS vezes. Em ângulos variados e tirada por diferentes pessoas, mas é sempre mais ou menos a mesma coisa. A que eu tirei foi essa:

IMG_1204.JPG
É, quase não apareceu a igreja, mas admitam que tá bonita.

A região tem muitas pequenas igrejas de madeira. Católicas e Luteranas (estas construídas na época da colonização alemã). No caso, essa é a principal igreja da cidade, católica e cartão postal de Puerto Varas. Bem charmosa. Vale a pena gastar 20 minutos pelo menos e conhecer.

Museo Pablo Fierro

Museo Pablo Fierro Puerto Varas.jpg

Vou ser sincera, quis muito entrar, mas estava fechado. Não sei se é legal por dentro, mas quem resiste a essa fachada? Saiba mais no site do museu.

No réveillon

A noite de réveillon era uma incógnita para nós dois. Haveria queima de fogos no lago LLanquihue e isso nós não perderíamos. Mas ver os fogos de onde? Cogitamos várias festas em bares, barco, cassino, mas era tudo muito caro e nós queríamos mesmo passear, então não iríamos torrar a grana da viagem nisso. No fim das contas, saímos da pousada a noite pra ver o que ia rolar, esperando monotonia, claro.

AVISO IMPORTANTE: aqui TUDO fecha em feriados (Leia: morreríamos de fome se não tivéssemos comprado umas tranqueiras). Agora voltemos à programação normal.

Chegando perto do ‘centro’ (ainda na beira do lago, claro), encontramos isso:

Reveillon puerto varas 2016 (2).jpeg
Bandinha tocando musicas bem latinas e divertindo geral. Amigos, vocês eram ótimos.

E fomos felizes mesmo com todo o frio que fazia.

Reveillon puerto varas 2016 (1).jpeg

Em breve, não necessariamente nessa mesma hora, mas nesse mesmo canal:

Puerto Varas: como chegar e onde dormir

Puerto Varas é uma cidadezinha no sul do Chile, mais precisamente na Región de los Lagos (ou VIII Región), a pouco mais de 1000 km “pra baixo” de Santiago, e foi o lugar que eu e meu irmão escolhemos pra passar o réveillon. Como passeamos bastante por lá e pelo alrededor, resolvi montar um pequeno guia do que a gente viu e do que eu acho que vale a pena visitar.

Puerto Varas 1 lago llanquihue

Esse primeiro post será sobre como chegar e onde se hospedar na cidade de Puerto Varas em si que, como vocês podem ver na foto acima, é linda demais *-*. A cidade está à beira do lago Llanquihue, com vista aos vulcões Osorno e Calbuco (esse aqui, que deu trabalho em abril de 2015).

Puerto varas vulcão calbuco lago llanquihue.JPG
Vulcão Calbuco
Puerto varas vulcão osorno lago llanquihue.JPG
Vulcão Osorno

Vamos lá. Primeiramente…

Como chegar em Puerto Varas?

Há duas possibilidades: Avião ou busão amigo.

Indo via aérea é necessário pegar um vôo até a cidade de Puerto Montt (as companhias aéreas que fazem esse trecho são a LAN e a SKY), que fica a 20 km de lá, e então tomar um táxi ou ônibus. Os ônibus de Puerto Montt a Puerto Varas saem mais ou menos a cada 20 min e custam MUITO barato (cerca 1000 pesos chilenos -6 reais aprox. em fev/2016 – acompanhe a cotação do peso chileno aqui ou aqui), porém há o deslocamento do aeroporto ao terminal, o que talvez acabe não valendo a pena, uma vez que os táxis cobram de 15 a 18 mil pesos (de 80 a 100 reais aprox.- fev/2016).

Ônibus Cruz del Sur
Busão amigo

Outra opção é pegar o busão amigo de Santiago direto a Puerto Varas, assim como eu fiz. Sim, são mais de 1000 km. Sim, isso dá umas 13h de viagem. Sim, é cansativo. Mas sim, valeu a pena e não me arrependi. Várias empresas fazem esse trajeto, mas as principais são Turbus e Cruz del Sur (no site Recorido você pode consultar outras empresas e valores). A última geralmente tem preços mais amigáveis e, por isso, foi a minha escolhida. Pagamos $ 25.000 CLP (pesos chilenos – 130 reais aprox. – fev 2016) cada passagem, com direito até a ‘comissário de bordo’ se certificando de que todos estavam confortáveis, felizes e quentinhos (com os cobertores fornecidos – mesmo esquema de avião) e, claro, bem alimentados de manhã (servem café e lanchinho). Vale dizer que nunca peguei ônibus de muito longas distâncias no Brasil, então não sei como funciona, mas aqui o serviço foi realmente muito bom.

Beleza, você conseguiu chegar. E agora?

Onde dormir em Puerto Varas?

Pesquisando no Booking.com você encontra diversas opções e valores de hospedagem em Puerto Varas, mas já adianto que os principais hotéis são meio salgados. Nós ficamos hospedados numa pousada que não está no booking, o Hostal Carla Minte, que foi indicado pela minha amiga e prof de espanhol (oi, Paula! Obrigada :D). Sinceramente, foi a melhor opção. Pagamos $ 40.000 (230 reais aprox – fev/2016) por noite num quarto duplo com café da manhã (delícia) incluído. A dona Carla, assim como muita gente na região dos lagos, é descendente de alemães e muito boazinha. A pousada tem poucos quartos e é super aconchegante, sem contar que está a uma quadra do lago Llanquihue e a 10 minutos de caminhada do centro de Puerto Varas (como referência, fica pouco atrás do Hotel Cumbres). Não precisa de mais nada.

Puerto varas hotel cumbres lago llanquihue
Vista da nossa janela (sim, esse é o Hotel Cumbres bem na frente do lago Llanquihue)
Hostal Carla Minte Puerto Varas
Frente da pousada (como sou cabeçuda, não tirei foto, aí peguei essa no TripAdvisor)

Bom, espero não ter me esquecido de nada. Em breve teremos posts sobre o que fazer e onde comer na cidade, além dos passeios turísticos, agências e preços. Hasta pronto! Que estén bien!

Obs: Mais informações na página da cidade.

Acompanhe a série de posts sobre a Região dos Lagos: