Santiago em dois dias – o que fazer?

E aí, bonitinhos? Como vão vocês? Que bom que tudo bem! haha

Bom, desde que me mudei para Santiago, alguns amigos já vieram me visitar e muitos outros dizem que têm vontade ou estão se planejando. Além disso, amigos dos meus pais e tios com viagens marcadas têm me perguntado sobre algumas dicas e sugestões de roteiros. Assim, decidi montar roteirinhos resumidos pra tentar ajudar quem vem visitar essa coisa linda que é o Chile.

Vamos começar por um roteiro express espremido num final de semana, com base na viagem que um casal de amigos fez no mês passado (oi, Má e Dai! :D). Eles haviam comprado um pacote turístico para chegar em Santiago na sexta à tarde e voltar para o Brasil na segunda pela manhã. Assim, tudo tinha que ser bem encaixadinho pra que pudessem aproveitar o tempo ao máximo.

A primeira parada (depois de passar no hotel e ajeitar a bagagem e a si próprios haha) foi o Hard Rock Café, que fica dentro do Mall Costanera (meu shopping preferido em Santiago *-*, sobre o qual falarei em breve). Estávamos os três mortos, então a pedida tinha que ser mesmo algum restaurante/pub/barzinho. Pra quem pretende fazer mais ou menos o mesmo roteiro, outras opções são o Patio Bellavista (praticamente uma galeria de bares e restaurantes) e a Plaza Ñuñoa (não tão visitada pelos turistas, mas também um apanhado de barzinhos muito interessante).

IMG-20160415-WA0010
Porque a vista da Cordillera no verão também é linda <3

No dia seguinte, eu parti pra minha aula de espanhol, faxinas e etc, e Má e Dai foram passear. São várias as opções pra quem quer fazer passeios turísticos em Santiago. No caso deles, optaram por um motorista particular, e conseguiram visitar a Cordillera pela manhã, Cerro San Cristóbal perto da hora do almoço e a vinícola Concha y Toro à tarde.

IMG-20160415-WA0003
Concha y Toro

Sábado à noite chegaram tão mortos que não aguentaram acharam melhor descansar haha. No domingo, saímos passear no centro. Passamos pela Plaza de Armas e a Catedral Metropolitana, e visitamos o Museo de Arte Precolombino, que também fica ali pertinho, no centro mesmo.

museo
Museo de Arte Precolombino

Almoçamos no La Piccola Italia, no centro mesmo, que é um restaurante italiano DELÍCIA, demos mais uma andadinha, e acabou-se o dia.

IMG_20160313_192254496
Felizes de panças cheias haha

A ideia desse post não é fazer com que, quem quer que venha por só um final de semana, faça exatamente esse roteiro, e sim mostrar que é possível conhecer vários lugares, mesmo que em pouco tempo, então vamos ao resumo:

Dia 1 (Vôo chegando à tarde): O passeio à noite poder ser um restaurante ou barzinho legal. No nosso caso, o Hard Rock Cafe.

Dia 2 (Passeios turísticos): Visita à Cordillera pela manhã e vinícola à tarde. Você opta pela vinícola de preferência e, se der tempo, pode conhecer algum cerro, como o San Cristóbal, assim como fizeram o Má e a Dai. Dê uma olhada em alguns passeios no site da Turistik, é uma boa agência e tem muitas opções.

Dia 3 (Passeio na cidade): Falei aqui de passear no centro, pois é a região de Santiago com mais pontos turísticos, mas você pode mudar o bairro ou comuna, ok? Ao redor da Plaza de Armas, você em contra VÁRIOS museus e, se programar direitinho e marcar, da até pra conhecer o Palácio de la Moneda por dentro.

Dia 4 (Volta pra casa): Bom, segunda de manhã já é dia de voltar, então, sem passeios.

Bom, pessoal, espero ter ajudado quem estiver se programando pra conhecer Santiago. Se tiverem alguma dúvida ou sugestão, não exitem (que formal eu) em me escrever, seja nos comentários, no facebook ou no instagram, ok?

Beijos e até! ;*